Novo artigo (desta vez no Brasil)

atozGrande alegria a minha por finalmente ter sido editado o meu primeiro artigo numa publicação académica no Brasil. Tudo começou com a comunicação que apresentei o ano passado no VI Encontro Ibérico do EDICIC subordinado ao título Globalização, Ciência, Informação, acabando o artigo intitulado A difusão vertical na Web Social: o caso do vídeo musical Heaven Can Wait no Antville por ser incluído nas referidas actas. Ora foi exactamente a partir dessas actas que os editores da AtoZ – Novas Práticas em Informação e Conhecimento da Universidade do Panamá chegaram ao texto e me convidaram a submetê-lo para a revista. Devo dizer que o processo de revisão por pares foi simultaneamente exigente e profundamente enriquecedor para mim e o resultado está na nova versão melhorada do artigo que poderão descarregar aqui.

IV Encontro Ibérico da EDICIC 2013 – comunicação

edicic2013

Acabo de receber a informação de que a proposta de comunicação que submeti para o IV Encontro Ibérico da EDICIC foi aceite. O evento terá lugar nos próximos dias 4 a 6 de Novembro de 2013 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Deixo de seguida o resumo da minha comunicação.
.

Título
A difusão vertical na Web Social: o caso do vídeo musical Heaven Can Wait no Antville

Autor
João Pedro da Costa

Resumo
O artigo visa, através de uma aplicação da teoria fundamentada em dados ao método etnográfico, proceder a uma análise textual da fruição participativa do Antville, a mais antiga e maior comunidade virtual de fãs do formato videomusical, a Heaven Can Wait de Charlotte Gainsbourg & Beck (Schofield, 2009). Os resultados principais desta análise passam pelo enquadramento da referida praxis dos membros Antville num tipo de fruição participativa “forense” geradora de uma forma eloquente de inteligência colectiva que, motivada por características producentes do texto videomusical, desencadeia um tipo de difusão passível de ser conceptualizada como “vertical”, isto é, como uma forma complementar das práticas difusoras “horizontais” mais comuns na Web Social (disseminação e propagação).

Palavras-chave
Web Social, Vídeos Musicais, Difusão Vertical, Difusão Horizontal, Fanismo.

I Congresso ISKO Espanha e Portugal (reprise)

logoAcabo de submeter a minha proposta de comunicação ao I Congresso ISKO Espanha e Portugal que terá lugar na Faculdade de Letras da Universidade do Porto entre os dias 7 e 9 de Novembro de 2013, subordinado ao tema Informação e/ou Conhecimento: as duas faces de Jano.

Apesar de ter redigido a proposta em Português, talvez venha a optar por proferi-la em Inglês (isto caso seja aceite, claro). Deixo de seguida o conteúdo da mesma.

I Congresso ISKO Portugal Espanha / IX Congresso ISKO Espanha
Proposta de comunicação

Subtema
Partilhar informação e construir conhecimento nas comunidades virtuais

Título da comunicação
A difusão vertical na Web Social. O caso do vídeo musical Heaven Can Wait no Antville.

Autor
João Pedro da Costa

Objectivo
Análise textual da fruição participativa da comunidade virtual de fãs do formato videomusical Antville a Heaven Can Wait de Charlotte Gainsbourg & Beck (Schofield 2009).

Métodos
Operacionalização: aplicação da teoria fundamentada em dados ao método etnográfico. Caso de Estudo: fruição participativa do Antville a Heaven Can Wait. Codificação e análise dos dados qualitativos: codificação e análise textual.

Resultados Principais
O empenho ou intensidade da fruição participativa dos membros do Antville a Heaven Can Wait é passível de ser denominada “forense”, na medida em que é geradora de uma forma eloquente de inteligência colectiva. A fruição participativa forense do Antville é desencadeada pelas características producentes do texto videomusical. A fruição participativa forense do Antville produz epitextos videomusicais que se enquadram num tipo de difusão passível de ser conceptualizada como “vertical”, isto é, como um tipo complementar das práticas difusoras “horizontais” mais comuns (disseminação e propagação).

Conclusão
A fruição participativa forense de certas comunidades virtuais é passível de originar fenómenos de difusão vertical dos conteúdos por elas fruídas.

Palavras-Chave
Web Social; Difusão Vertical; Vídeo Musical.