Boards of Canada: Tomorrow’s Harvest (The Movie)

Não conheço nenhum caso anterior, pelo que existe a probabilidade de isto ser mesmo uma novidade na esfera do formato: uma comunidade de fãs compilar uma série videomusical em que os vídeos realizados pelos fãs cobrem a totalidade dos temas de um disco de originais de uma banda. Essa banda, como não podia deixar de ser, são os Boards of Canada, talvez o projecto musical cuja música mais vídeos inspira na rede. O que torna a coisa ainda mais interessante (e híbrida) é o facto de estar incluído na série o vídeo oficial de Reach for The Dead de Neil Krug que, como já tive a oportunidade de referir antes, não passava de um fã voluntarioso que fazia vídeos caseiros ao som de temas da banda antes de ter sido contratado pelos dupla escocesa. A qualidade do resultado final é surpreendentemente elevada do princípio ao fim e é mais do que digna da fabulosa música dos manos Michael Sandison e Marcus Eoin.

CRÉDITOS: “Gemini” by Beta 401 * “Reach For The Dead” by Neil Krug * “White Cyclosa” by TBJ Productions * “Jacquard Causeway” by Mhorg * “Telepath” by Drog * “Cold Earth” by Julien Lavigne * “Transmisiones Ferox” by Carlos C. * “Sick Times” by David Mike * “Collapse” by MrSeriouslySerious * “Palace Posy” by Yellow Jacket * “Split Your Infinities” by Carlos C. * “Uritual” by Fabien Dendievel * “Nothing Is Real” by Iphanners * “Nwodnus Sundown” by Faastwalker * “New Seeds” by Alexis Zeville * “Come To Dust” by Jason Donervan * “Semena Mertvykh” by Turk242.

faina videomusical #12

.
.
Pure X: «Thousand Year Old Child» (real. Malcolm Elijah)

David Lynch não apenas canaliza uma parte considerável da influência da sétima arte no universo videomusical como, na maioria das vezes, o seu legado é um pretexto para dar origem a vídeos admiráveis. Podem acrescentar este à lista.

Laura Welsh: «Cold Front» (real. Daniel Cloud Campos & Tamara Levinson Campos)

Vídeos musicais perfomativos conceptuais são, manifestamente, um género bissexto. Este vídeo leva-nos a perguntar porquê.

Die Antwoord: «Cookie Thumper» (real. Ninja)

A dupla terrível do hip-hop suf-africano strikes again. Confesso que cada vez que vou ver um novo vídeo deles fico sempre com o pé atrás: o universo videomusical dos Die Antwoord parece sempre ter sido levado à exaustão no final de cada vídeo. Mas depois lá aparece outro que demonstra que fazer um vídeo como se fosse o último não é necessariamente o mesmo que criar um beco sem saída.

Arctic Monkeys: «Do I Wanna Know?» (real. David Wilson)

O vídeo mais estiloso do ano so far. Vale a pena ver até ao fim.

Duck Sauce: «It’s You» (real. Phil Andelman)

O último vídeo destes meninos era, nada mais nada menos, do que esta obra-prima do meu realizador favorito (Keith Schofield), pelo que as expectativas relativas ao novo clipe dos Duck Sauce estavam obviamente ao rubro. Phil Andelman esteve à altura do desafio e deixa a sua marca num dos espaços mais videomusicais do planeta: as barbearias.

Boards of Canada: «Gemini» (real. Beta 401)

Para terminar em beleza, nada melhor do que um vídeo musical não-oficial criado por um fã dos incontornáveis Boards of Canada. Parece o genérico de uma série televisiva de ficção científica com tendências apocalípticas. Fabuloso.

Tomorrow’s Harvest

Mais um belo conteúdo videomusical da fabulosa campanha de promoção que irá levar, no próximo dia 5 de Junho, ao lançamento do novo disco dos Boards of Canada. Este resulta da sobreposição de imagens gravadas por um fã com o áudio gravado em alta-qualidade por outro – ambos deslocaram-se no passado dia 27 de maio à localização (Lake Dolores, EUA) tweetada pela banda 4 dias antes e onde o disco foi, pela primeira vez, reproduzido publicamente na íntegra (podem ler todos os detalhes da referida campanha nesta página wiki criado pelos fãs insuperáveis dos BoC). É curioso (mas não surpreendente) reparar como, até agora, todos os fãs presentes no evento respeitaram o pedido da banda para apenas partilhar os 3 primeiros temas do disco.